A Sati certa vez em uma sessão de RPG me perguntou se Migor, a devoradora de olhos não seria a palantir de Vinn. Na realidade não. Baseei Migor em um dos 7 arco iris do mago “maerlin” criados para servir o Rei Rubro, na série épica, A Torre Negra de Stephen King. Ela era capaz assim como Palantir de se utilizar de Clarividência, mas digamos que era uma clarividência diferente… São seus “olhos” que viajam para aonde a pessoa deseja ver e a pessoa verá pelos olhos da criatura capaz de enchegar que se encontra mais proxima. me pareceu diferente e isso explica o nome “devoradora de olhos”. Se o artefato não for utilizado de forma correta as orbitas dos olhos do usuário estouram por qu a viagem não tenha ocorrido da forma que devia…

Anúncios