Reservei a parte final para algumas piadinhas bestas e minha viajem não planejada para o bairro da Liberdade. Caso não saibam falarei novamente: Phil + Garotas de Traços Orientais = Sonho de Consumo (em todos os sentidos…).

Ai vai a parte final de minha pequena saga em São Paulo…


Nosso querido amigo aqui estava tão cansado que só conseguia andar de pantufas. Motivo? Cheio de geringonças e apetrechos para rir da cara dos outros ficou o evento todo rindo da cara do povo. Agora estava morto. Nada como dar o descanso merecido a seus pés…


Olha o monte de bugigangas que nosso amigo carregava e pindurava no corpo e batia nos outros?!? Acho que mesmo desfocado da pra perceber que não é uma bolsa pequena


O que temos aqui?!? D&D primeira edição da Grow. Sim, aquele aonde Elfo, Anão , Halfling eram classes!!! Aonde você ia somente até o nível 5 senão me engano. Eu adorei!!! E olha que comecei em uma época em que AD&D já era antigo. Mas D&D foi minha primeira experiencia com um RPG oficial. Isso influenciou com certeza os rumos do que eu segui a frente no RPG. E estava ali, o povo jogando na minha frente…


Pergunta que não quer calar: Você paga 15 reais na porra de um boneco do Frodo ?!?


Eles são Jedis ou estão no clima do local aonde estão, um colégio religioso. Não deram muita trela, nem foram simpáticos… então Foda-se eles…

O pior não é perceber que a armadura é de material bom. O pior é saber que ele PAGOU por ela.

Jogadores de SpellFire em seu habitat natural. Sim. Também pensei que só servia para adubo…hauhauaha fatality!!!(Piada antiga da Dragão Brasil)

Esse elfo negro ficou perfeito. Eu tinha que tirar uma foto. O que acham?

E então eu saio do IERPG dou meu adeus a meu novo amigo Rafael e então vejo bem grande no metrô. Liberdade. Eu não resisti… Quando descobri ao chegar que o bairro da liberdade estava em festa. E mais… Que tinha um monte de lindas orientais passeando para lá e para cá agradeci a deus por ter decidido visitar o local. E depois dizem que eu não tenho sorte…

Você faz um pedido coloca no papael e no final da festa as arvores são queimadas para que seu pedido suba aos céus e sejam ouvidos/lidos ou sei lá o que pelos deuses. Boa ideia. Vou pedir uma japonesa. Será que cola?

Se eu passo por uma banca eu paro. Nessa eu parei e tive que fotografar o jornal em japonês acredito. Eu já sabia que era vendido lá, mas sou um turista não sou? Click!

Feira de variedades e comidas doidas orientais. Muitas japonesas lindas passeando e eu de boca aberta. Pena que nenhuma deu mole pra mim… É a vida. Vou lembrar mais desse lugar quando voltar a São Paulo.

Embassado. Eu sei. Mas era os enfeites na festa. Essa na realidade foi a primeira foto quando eu entrei… Fiquei espantado, não esparava uma festa no bairro. Talvez tenha embassado tanto por que as japonesas da primeira foto estava do lado desse local e com certeza eu olhava pra elas… a japonesa de saia… Sem comentários…

E por fim… Simbolicamente, a imagem final de novamente o pessoa jogando o primeiríssimo D&D. Fiquei bom tempo olhando pra esse lugar…

Anúncios