A muito tempo atrás, quando eu começava a me aventurar em aventuras medievais no mundo de Tormenta me utilizando de 3D&T (sistema simples e prático para quem não quer perder muito tempo e começar a história) lembro-me de quando conheci uma série chamada Hunter x Hunter…

Nunca compreendia muito bem o que era ser fã de algo. Sempre achei exagero e perda de tempo gastar dinheiro com tanto apetrecho, fazer tatuagens, estampar camisas, daquilo que você idolatrava como bom, fantastico, cool e por ai vai… por isso mesmo minha incompreensão com os fãboys de plantão…

Lembro que sempre fui fanático por desenho e até certa idade tinha certeza que me tornaria desenhista (como uma boa parcela da população que é leitora veterana de quadrinhos…) e sem internet o meu primeiro contato com a cultura japonesa foi Cavaleiros do Zodiaco. Ok, deve ter sido antes, mas como na vida de muitos outros, esse foi o impacto inicial, o ponto G(ui). Dai com a compra de meu pc surgiu então a curiosidade de conhecer trabalhos de um anime que pra mim foi muito, mas muito mais significativo que Cavaleiros, mas esse quanto ao enredo, que foi um anime chamado Yu Yu Hakusho.

Os personagens de Yu Yu hakusho tinham personalidade, eram indivualmente reconhecíveis, as histórias tinham mais reviravoltas e uma detalhe que quase todo fã de anime não percebe e eu sempre percebi. Nesse anime os personagens trocavam de roupa. Tudo bem que as vezes eles ficam um bom tempo com a mesma, mas trocavam droga! E mais, o final, aonde o principal perde em uma luta justa foi fenomenal… Todos na vida perdem, são derrotados, falham. Yoshihiro Togashi criador de Yu Yu Hakusho mostrava isso…

Foi ai que fui procurar o segundo e atual bem sucedido trabalho de Yoshihiro Togashi, Hunter x Hunter (Leia Hunter Hunter, sem o x, apesar dos tradutores falarem versus, o x é mero enfeite. ). Li um capitulo.Isso era por volta de meia noite. Quando me dei conta eram 7 horas da manhã e eu estava no Quinto Volume. Lembrando, minha internet na época era discada

A imagem inicial do mangá sendo o garoto principal da série uma pessoa que carrega uma vara de pescar não muito animador. Não julguem o livro pela capa. Uma outra dica muito boa. Não assistam o anime. Leiam o mangá, que segue o roteiro original de Togashi e carrega a alma real do que Hunter x Hunter é. Bom, e o que é Hunter x Hunter?!?

Hunter x Hunter é um mangá que carrega aventura, RPG e ação. Isso, RPG. O mundo que Togashi cria parece uma espécie de Terra Média de Tolkien. Ele cria locais, detalha organizações, criou um idioma, claro, com um toque de clichês da cultura japonesa, mas a muita originalidade também. O mundo de Hunter x Hunter pode ter alta tecnologia, mas ao mesmo tempo existem monstros, tesouros, e civilizações perdidas a cada esquina… Um mundo fantastico moderno cheio de ganchos para aventuras de RPG.

Tire a sua visão estereotipada dos enredos de mangá com um grupo de amigos, casuais ou não, que se encontram em problemas ou aventuras… HunterxHunter também é isso , mas cada personagem com sua personalidade, segue seu caminho fielmente, chegando por exemplo, nas duas ultimas sagas você ter dois personagens do tal grupo principal fora da aventura por estarem seguindo seus objetivos… Alguém normalmente vê isso?

Hoje em dia nos mangás existe um aprimoramento dos enredos, mas Togashi se não começou foi o que mais se destacou. Dar enfase a personagens secundários, por exemplo, as vezes me pergunto se não foi Togashi o primeiro a criar tal idéia. A Genei Ryodan (Brigada Fantasma na minha tradução pessoal) na sua saga da cidade da cidade de Shin são vilões super carismáticos e fico me perguntando se essa saga não foi na realidade mais para apresentar a Brigada que em si mostrar outra coisa…

Genei Ryodan. O grupo de vilões mais carismáticos que já conheci…

Hunter x Hunter tem seus pontos ruim? A explicação do que é ser a profissão Hunter é mal resolvida no mangá, fazer tudo e não ser questionado, mas aparentemente até Hunters podem ser procurados como criminosos… Obviamente que Togashi vai explicar algumas dessas coisas, mas até ser explicado, ser Hunter pode ser meio complexo de se explicar.

Seus desenhos mau resolvidos devido as pressões da Shonen Jump para Togashi lançar seu mangá e o roteiro que se percebe ter sido manipulado para dar mais audiencia ao mangá que torna-o menos original aos principios criados pelo autor, como por exemplo quando a Genei Ryodan surge na ultima saga, que me parece claramente uma intervensão para melhorar a audiencia, que mesmo seguindo um caminho original não estava agradando a todos os pirralhos japoneses… Não saberia se a Genei Ryodan foi ideia do proprio Togashi de fazer seu mangá melhorar ou foi pressão da Jump, mas qualquer uma das situações, não é perdoável…

Mas Hunter x Hunter é um cenário rico e já fiz adaptações para RPG do mesmo. Ver o mangá e a forma inteligente com que os personagens resolvem seus problemas e as 1001 possibilidades da energia misteriosa chamada Nen torna tudo muito perfeito para se jogar. Não falei nem metade do que acho impressionante nesse mangá, mas minha animação se deve ao recomeço do mangá, que após 2 anos ou quase isso parado retorna em Outubro. Mal posso esperar…