Eu não abandonei meu sistema que vai ser feito com base no FUDGE. Mas criar um sistema do jeito que você quer, um sistema com personalidade, é necessário tempo. Fiz nesse final de semana com ajuda do meu jogador Max o primeiro Playtest pelo chat IRPG. Nem vou falar sobre ele por que o Edy e a Matilha já falaram sobre o mesmo…

O que eu gostei…

Fato que minha preocupação sobre o quanto “Fast” meu sistema ficaria foi saciada. Ele se saiu da forma identica ao que eu planejei. Como FUDGE é um sistema que utiliza uma classificação para atributos qualitativa, fica muito mais rápido resolver os problemas.

Péssimo, ruim, mediocre, mediano, bom, otimo e soberbo. Sobre essas classificações comparadas com a dificuldade da ação que segue os mesmos parâmetros, vejo que um jogador pulou um prédio, mas o desafio Bom para ele não foi alcançado com sua capacidade para tal que é mediana, por exemplo…

As historias são mais dinâmicas, não ha quase nenhuma parada para testes e quase tudo é um acordo mestre-jogador, sempre sobre regras, mas regras que te dão mais liberdade. Mais flexibilidade para o mestre criar suas historias, toca-las e idem para o jogador… Eu vi tudo isso nesse primeiro playtest, que só teve uma rolagem e isso por que foi um combate…

Problemas…

No combate percebi que não pensei em certos aspectos. Um personagem com a perícia Katana Bom causa um Dano Bom também com sua Katana. De acordo com minhas concepções, aumentar o diminuir esse padrão de dano depende da situação criada entre os jogadores. Até ai tudo bem. Mas o problema esbarrou na hora das jogadas defensivas…

Universalmente FastFudge vai ter dois tipos de defesa. Esquiva e Bloqueio. As duas independem da arma sendo um espécie de caracteristica de combate universal. Diferenças? Se você se esquivar você não toma dano algum, mas falhar significa receber na integra todo o dano. No Bloqueio, você nunca absorve tudo, mas você pode sempre reduzir um pouco do estrago causado…

O problema ficou na rolagem disputada. 2D6 + nível de ataque contra 2D6 mais nível de defesa. Na esquiva não ha problemas. Se você esquiva ok, senão recebeu o dano. Mas no bloqueio a absorção e dano estrapolam os niveis iniciais estabelecidos. Como?

Alguém que use Facas Mediocre contra uma Bloqueio Mediano. O teste seria o Atacante com 2D6+3 contra uma defesa de 2D6+4. Se o primeiro tirar 10 e o segundo tirar 6 serão 4 de dano direto. Um dano Mediano… Mas a habilidade com a faca não era Mediocre? (+3)

São detalhes bobos que vão ser acertados, mas nem estou pensando nisso. As minhas provas estão ai. Mas no que já testei fiquei já bem contente…