Departamento de estudos biológicos de Krixitar

Lomovar Rorov – Pesquisador-chefe de área de estudos relacionados a gnomos

Coisas a saber sobre um gnomo

Tenho a 20 anos dedicado a minha vida aos estudos das facinantes criaturas que são os gnomos. Presentes em nosso mundo e segundo pesquisas com conjurações de extraplanares e relatos de viajantes de planos descobrimos sua presença – mesmo que humilde – em muitos dos mundos existentes além do nosso.

Fato que essas criaturas pequeninas são raras e a cada vez mais sua população tende a diminuir. Nunca foram muitos os gnomos, mas seu desaparecimento agora me parece quase certo.

Quanto a Reprodução

Após varios testes chegamos a seguinte conclusão:

Não ha multiplicação vegetativa. Não nascem talos ou qualquer especie de broto do corpo dessas criaturas. Segundo Salvius Malazam, grande pesquisador de gnomos e descobridor da Gnorruga, após 40 anos de sua vida dedicados a observar o que ele acreditava ser um talo oriundo de gnomo de onde surgiria outra da mesma espécie ele chegou a seguinte conclusão:

Alego após esse anos de observação, banhagens, iluminações e outros processos cientificos que não surgirá outro gnomo desse pequeno corpo estranho que saiu do corpo do gnomo. Devo chama-la de uma “Verruga”. Por ser de um gnomo, nada melhor que uma “Gnorruga”.

Nota: Por favor devolver a gnorruga junto com o braço extraido do gnomo.

Após ser premiado por descobrir a Gnorruga concluimos definitivamente que o Gnomo não é um vegetal.

De um novo Gnomo partido ao meio ou de qualquer outra parte de sua anatomia retirada não surgirá outro gnomo. Liderei um série de pesquisas sobre o assunto, era uma boa hipotese, mas após varios testes percebemos que nada surgia da parte removida.

Nota 1: Toda as partes removidas foram devidamente devolvidas após a pesquisa. Como critério quanto a qual parte seria consciente, se devolvia a porção menor de corpo para a porção maior. Caso a porção maior não respondesse provavelmente ela estaria morta por uma fatalidade pelo bem da ciência.

Nota 2: Em caso de duas partes iguais como algumas vezes nos ocorreu, tira-se um cara e coroa.

Os gnomos se reproduzem sexuadamente como nós humanos. Após alguns teste chegamos finalmente a essa conclusão. Foi um grande avanço e a industria pornográfica esta adorando essa coisa. estão chamando de “sexo bizarro”, mas seria mais cientificamente correto chamar de sexo gnômico. São amadores…

Quanto ao desaparecimento dos Gnomos

Apesar de se reproduzirem sua população cada vez mais diminui. Ainda não se sabe ao certo por que eles estão cada vez desaparecendo, meus estudos ainda não acharam uma explicação para isso.

É muito importante ressaltar que poucas pessoas conhecem os gnomos. Vou numerar abaixo algumas das funções importantes que essas criaturas podem desempenhar pelo bem da nossa civilização. Assim, através desse trabalho de concientização, quem sabe posso sensibilizar o povo e a comunidade acadêmica a me ajudar na causa de salvar os gnomos.

Coisas que os Gnomos podem fazer

Peso de Papel

Sempre haverá papeis. O ser humano adora a burocracia, papelada de todo tipo… Se os Gnomos se tornarem oficialmente pesos de papel (o que já faandam zendo, mas escondidos de nossos olhos, eles são muito bons nisso…) nunca faltaria local para um gnomo e sua preservação se tornaria um objetivo muito importante!

Triangulo de Sinalização

Veja só. Quem já não teve problemas com uma condução? Os gnomos podem servir de divertidos avisos de trânsito, sinalizando para conduções que estejam vindo para terem cuidado. Cool!

Decoração de Jardim

Bonitinhos, fofinhos e carinhosos com um pagamento extra por que não deixa-los cuidar do seu jardim também?

Gandula

Ahhhh, você nunca pensou nisso? Fala sério! O esporte mais amado em todos os mundos sempre teve carencia de gadulas. Nada de escravizar humanos e criancinhas. Gnomos são mão de obra barata que ficaria muito feliz exercer tal função. acho.

E aumentando…

Existem muitas outras. Imaginem a grande quantidades de utilidades que um pequeno ser vivo pode lhe trazer!!!

D&D 4ª edição sem Gnomos

races and classes D&D

Races and Classes é um livro que explica todas as alterações feitas nessa nova versão de D&D. Não há regras no livro, mas um conjunto de explicações de por que, onde e como certas coisas ocorreram, justificativas e noções do que vem de novo. Para que serve o livro? Pra nada. A menos que você seja um curioso/fanboy ou se interesse em ser um game designer e queira entender nas entrelinhas o por que de todas as mudanças no novo D&D.

Não tem gnomo! NÃO TEM GNOMO! O gnomo morreu tá! O gnomo morreu, pegou gripe e morreu! Ou tu quer tomar uma porrada?!?!

Esses dias o pdf do livro correu pela comunidade de D&D Dungeon & Dragons Brasil no Orkut e ai começou a confusão… Reclamaram da arte, no logo, de tudo… mas o que mais me deixou curioso foi a revolta pelo fim dos gnomos, meio-elfos e meio-orcs…

Vamos lá, convenhamos, quem que vocês conhecem alguém que jogava com um Gnomo?!? Não são muitos… Eu pessoalmente nunca joguei e nunca vi alguém jogar. Para que manter uma raça morta que não é jogada? No livro dos monstros quem sabe, em uma nota no livro do jogador ou sei lá mais aonde com certeza eles vão aparecer. Mas garanto, vai ser uma menção honrosa… Caramba quase ninguém joga de gnomo!

deixm os gnomos em paz

Deixem os gnomos em paz!

Os meio-elfos também são complicados, ganharam meu respeito exatamente após conhecer o Tanis de DragonLance, mas que mesmo assim morreu por ai. Os meio-orcs foram um vexame ainda maior. Incrivel isso, mesmo fortes e matemáticamente propensos a serem usados por texugos, combomans e outras criaturas do meio Rpgistico, eles foram solenemente ignorados. Nunca vi muitas pessoas jogando de Meio-orc…

Agora me digam, a WotC (Wizard of the Coast anta…) é boba, feia e má, capitalista, é o capeta e tudo mais de ruim por que optou por raças mais populares? Se você se diz tradicionalista isso é simples, use só as regras e deixe as coisas do jeito que você quer. Desde quando você tem que seguir exatamente igual está no livro?

maconha

Banda Tihuana: Eu vi gnoooomooooooossssss…. hahahahahaha…

Os DragonBorn, uma raça de meio dragões foi algo que sempre faltou e diga-se de passagem, para quem não sabe, ela já existia em suplementos anteriores. Tieflings nem fala. Todas as novas opções mostradas são a resposta da WotC que ouviu seu público. E o mais triste é ler gente na comunidade que confessa que mesmo não gostando de nada irá jogar e se acostumar… Será que estamos falando exatamente de alguém de opinião ou é impressão minha que brasileiro só gosta mesmo é de reclamar?

Sempre ha uma resistência pessoal a mudanças e certas muitas das vezes não concordamos. Isso acontece e eu mesmo d-e-t-e-s-t-o várias das ideias dessa nova edição. Mas o sumiço dos gnomos… Ah não. Tá de sacanagem…

Espero que a comunidade tenha maturidade e entenda que é um brincadeira. Alias, a foto do rapaz (?!?) desesperado aonde a legenda esta escrita “Deixem os gnomos em paz!” é o hilário Chris Crocker um adolescente que fez um video pedindo para “deixarem a Britney Spears em paz” após o desastre que foi uma apresentação de sua musa. O video gerou uma série de videos copiando a idéia, entre eles o hilário “Deixem o Windows Vista em paz” que o cardoso achou para o MeioBit

Link do Youtube

Já a foto anterior é do divertido video “A invenção do futebol”, feito pela companhia de humor Melhores do Mundo, mas um pouco adaptado para meu post. :D

Link do Youtube

Anúncios