Mario Kajiya é um conhecido entre os que participam desse blog, figura participante entre os blogs de RPG e está de volta com seu Life and Death!(Agora, Palavras Aleatórias, mas com o mesmo endereço!)

A tempos venho chamando Kajiya a participar do Dados Limpos para acrescentar um pouco do seu tom de humor a casa. Humor que ele faz muito bem na minha opinião. O resultado foi essa coluna, sessão ou como queiram, que ainda não tem nome apesar de eu ter a impressão que o clichê “Pergunte ao Dr. Orima” vai acabar vencendo.

 

Dr. Orima, estou desesperado! meus jogadores são todos homens! Minhas partidas estão um saco! Eu gostaria de atrair mulheres para minha partida de rpg, mas mulheres de verdade, nada como aquelas coisas estranhas que as vezes aperecem rodeando nossa mesa. Como faço para animar minha vida e “florir” minha mesa de jogo?

Weysglo Matoso, Acre (existe?)


Olá a todos. Antes de mais nada, gostaria de me apresentar para aqueles que não sabem o que está acontecendo. Meu nome é Orima. Dr. Orima. Apareci pela primeira vez no blog Life and Death e fui um sucesso (Não é hora para falsas modestias). Uma volta era apenas questão de tempo. Mas estive ocupado pesquisando maneiras de derrotar Chuck Norris, o que fez com que esse retorno fosse adiado por mais tempo que eu esperava.

Mas a espera acabou. Aqui estou novamente. Minha casa pode ter mudado, mas eu não mudei. Ainda sou Dr. Orima, cientista maluco de décimo grau, e fonte de toda sabedoria do universo. E isto basta.

Minha volta marca o inicio de uma nova “mini-coluna” aqui na dados limpos. O nome da coluna ainda não foi decidido, então estou aberto a sugestões. Mas a idéia desta coluna é bem simples: Você mandam uma pergunta, e eu respondo. Alguns podem se perguntar o porque de uma celebridade como eu ter aceito fazer isso. Não direi meus motivos, nem direi que tudo é parte de um plano psicológico para tomar a casa branca. De qualquer forma, vocês não acreditariam.

Para começar, irei responder as duvidas apresentadas no e-mail do cidadão acima, sem citar que esse e-mail na verdade foi forjado pelo Phil, que é o atual dono do blog (Quem sabe o que o futuro reserva?) onde vocês estão tendo a oportunidade de ler este texto, para que eu pudesse criar o primeiro texto desta coluna. Pegaria mal para ele.

Enfim, o anônimo quer que eu ensine a ele como trazer garotas para sua mesa de jogo. Inicialmente, minha reação é mandar o sujeito ter uma vida social, já que garotas jogando RPG eram consideradas pouco mais que uma lenda em nosso meio. Mas como estou sendo pago para ser educado, mando algumas alternativas para melhorar o seu ambiente de jogo:

1-) “Quem procura acha” – As vezes, com uma busca no orkut (ou alguns outros meios, como fóruns ou falidas barraquinhas de orcs), é possivel achar uma comunidade jogadores abandonados a procura de uma mesa de jogo. Passando um pente fino nessa comunidade, as vezes encontramos algumas flores no meio de tanto capim, apenas esperando para ser encontradas.

2-) “Tudo começa do começo” – Se não conseguir achar uma jogadora por meio convencionais, então que tal criar uma nova jogadora? Convide uma amiga com certo tempo sobrando para conhecer o RPG! Assim você mata dois orcs com apenas uma espadada: Consegue uma presença feminina para sua mesa de jogo, e ainda trás mais uma pessoa para o mundo dos RPGistas. Só existem dois poréns: Seu grupo precisa evitar babar pela pessoa em questão, e todos devem ter paciência. Afinal, mulheres jogam muito de maneira muito diferente dos homens em geral. Claro, este método todo só funciona se você tiver amigas para convidar, caso contrário, ainda sou da opinião que você deveria investir mais tempo em sua vida social.

3-) “Em ultimo caso…” – Caso você ainda não tenha conseguido resolver o problema, então contrate uma prostituta e coloque ela para dançar do lado da mesa de jogo. Sim, isto não resolve o problema principal de maneira alguma, mas de certa forma vocês conseguem “animar suas vidas” e “florir suas mesas de jogo” com essa solução.

Dr. Orima, ainda se adaptando ao estranho mundo do RPG…

Você tem dúvidas sobre RPG? Você quer dominar o mundo? Pergunte para Dr. Orima. Mande um email para felipedesmelo@gmail.com com o assunto “Dr. Orima” e faça sua pergunta!

Anúncios