Mandei um email para o Telles já estou super interessado em saber como vai funcionar a venda de PDFs online na parceria Conclave – Rede RPG. Hoje, domingo pela manhã ele me responde:

Uma das coisas positivas do formado PDF é justamente criar esta opção para jogos independentes, alternativos e “cults”. E mesmo para jogos nem tão independentes assim, visto que cada vez mais eu sinto o mercado de RPG brasileiro se resumindo a D&D/D20 e Storytelling. Tenho a pretensão inclusive de, no futuro, uma vez essa iniciativa sendo lucrativa, tentar trazer alguns bons RPGs alternativos que são vendidos apenas em formato PDF em inglês.

Nós temos alguns percentuais de referência. Ainda não estão totalmente fechados, porque a Conclave está fazendo um estudo em relação ao sisteam PagSeguro, em outras palavras, estão verificando se esses percentuais serão compatíveis com o sistema de e-commerce que eles usam.

No caso de RPGs independentes, ou eles seriam feitos pela REDERPG (revisão, ilustração e editoração) ou seriam feitos pelos próprios criadores. Os valores de referência para os dois casos são os que seguem abaixo:

1) Livros feitos pela REDERPG: 30% para a Conclave, 30% para a REDE, 20% para o autor(s) e 20% para o ilustrador(s) – Nesse caso o autor apenas fez o texto, ficando a cargo da REDERPG a revisão e editoração. Os ilustradores, mesmo os da nossa Equipe, receberão um percentual. Está incluso no percentual da REDE a parte de divulgação do produto que será feita no nosso portal, como fizemos com o C7L e o Réia. O percentual da Conclave se refere ao uso da loja em si, com a qual é assinado o contrato. A REDERPG funciona como uma prestadora de serviço para a Conclave, produzindo o produto e fazendo sua divulgação.

2) Livros feitos por terceiros: 30% para a Conclave, 10% para a REDE e 60% para a terceira parte. – Nesse caso, embutido na parte do autor, estão os custos de editoração, revisão e ilustração. O percentual da Conclave se refere ao uso da loja em si, com a qual é assinado o contrato. A REDERPG funciona como uma prestadora de serviço para a Conclave e a terceira parte, fazendo a divulgação do produto.

Nossa preferência, no caso de RPGs independentes, é por RPGs que possuam cenários. Não adianta criar um fantástico e inovador sistema de jogo, se ele não estiver associado a um fantástico e inovador cenário. Uma boa estratégia – se o cenário e sua proposta for realmente muito boa e o sistema deixar o arquivo muito grande – é disponibilizar o sistema gratuitamente e cobrar pelo PDF do cenário (ou dos cenários).

Apenas sistemas de RPG sozinhos não vendem.

Agora o mais importante: nossa expectativa de vendas é bem baixa. Este é uma iniciativa de longo prazo. É como eu digo para nossa equipe: se um e-book vender 50 downloads, estará excelente. Se vender por volta de 100, eu solto rojões. E se vender bem mais de 100, eu danço o créu! ;)

Cada download vendido irá dar de 50 centavos a 2 reais e pouco para as partes envolvidas, calculo. Então, todos irão ganhar uma merreca, mesmo levando em consideração que não existe custo de papel e de gráfica. Principalmente nos primeiros anos desta iniciativa. Mas é como eu falo para minha equipe, que passou mais de 5 anos trabalhando de graça para o hobby em nosso portal: é muito melhor ganhar uma merreca do que trabalhar de graça.

É um incentivo para todos. E, se Deus quiser no futuro, isso será mais lucrativo e uma alternativa viável para pelo menos complementar o orçamento familiar de todo mundo. :)

Ta ai! Achei interessante que na falta de uma equipe de criação a Rede RPG se prontifica a fazer toda essa parte, mas amigos meus e o Giltonio da lista Área-RPG até agora acharam a porcentagem “salgada” nesse ponto.

Contudo a utilização do PagSeguro, o serviço de pagamento e recebimento online parece ser um trunfo por que ser possível pagar através de boleto ou transferência bancária facilitando muito interessados sem cartão de crédito.

O que acharam da proposta? Levem em consideração que pode haver alterações como o Marcelo comentou.