Essa pequena brincadeira é uma adaptação do texto Apenas Adicione Escalabilidade! traduzido por Fabio Akita que questiona de forma inteligente a declaração que Ruby on Rails não tem escalabilidade. Espero que gostem.

Apenas Adicione Interpretação!

(Para proteger os inocentes, todos os nomes dos sistemas de RPG citados foram modificados. Qualquer semelhança com nomes existentes é puramente para efeito dramático.)

Ouvi dizer que AnythingRPG é um jogo que não tem interpretação. Vi em fórums e listas de discussões em vários momentos todos alegando esse mesmo fato. Eles alegam que SGRPG e Monstros e Cavernas possuem interpretação, mas AnythingRPG não. Mesmo Contadores de História tem interpretação – Que é visivel pelo nome, eu acho. Então por que AnythingRPG não tem?

Como gosto muito de AnythingRPG, jogo a anos com meu grupo, resolvi ajudar a introduzir dentro do sistema de regras a interpretação necessária que os outros citados possuem. Já tenho experiência adicionando e adaptando regras, já fiz muitas para o Anything e outros sistemas que já joguei, agora não seria diferente… Depois eu disponibilizaria no meu blog, mandaria para  lista de discussão do sistema, mandaria email para editora e para os autores.

Já que AnythingRPG não havia interpretação resolvi buscar a mesma em outro sistema, entender como ela era inserida no mesmo e copiar a idéia. Resolvi começar pelo mais antigo de todos, Monstros e Cavernas, com certeza teria interpretação.

Comecei a ler os livros (muitos pro meu gosto) , fiz um playtest, tudo para ver se conseguiria descobrir de onde viria a interpretação. Descobri que meu jogador Norberto (nomes alterados para proteger a identidade de todos relatados) interpretou muitíssimo bem seu Mago. Em contrapartida Edu e Fabio não foram muito bem com seus personagens. Sempre muito fora do realidade, Fábio mesmo só consiguia pensar em combos…

Frustrado, achando que Monstros e Cavernas não era o que eu imaginava busquei o sistema que todos relatam como cheio de interpretação. Contadores de Historia tem um livro com imagens sérias, suas regras dizem muito sobre interpretação. Perdi horas para ler todas as histórias dos grupos, de como eles eram e por que foram pra tal lugar… Muita historia, muitos ganchos. Criar um personagem interpretativo me pareceu fácil, cada grupo tinha uma personalidade, era só o jogador trabalhar aquilo que a coisa andava.

Uma pena que a coisa não foi bem assim…

Quando começamos Norberto se integrou muito bem ao seu personagem, mas me perguntou se todo personagem que seja do mesmo “grupo” em Contadores de História teriam que ser tão igualzinhos. Nessa hora percebi que a decisão do livro ajudava a atrair jogadores interpretativos, mas ha jogadores que vão passar sua vida seguindo os estereótipos…

Foi o que aconteceu com o Edu e o Fábio… Mais que isso eles sempre jogavam com um grupo de tipinho beeeem violento e sempre concluiam e resolviam tudo com uma sessão de tiros que tornava meu RPG uma sessão de Counter Striker… Definitivamente Contadores de História não trazia a interpretação, ela pelo que percebi facilita.

Mas, aonde afinal está a interpretação?

Nem precisa dizer SGRPG aconteceu a  mesma coisa né? Até no índice, índice remissivo, o que for eu procurei. E nada.

Ainda não encontrei ninguém que sabe adicionar interpretação as regras de um sistema, ou se sabem escondem o jogo! Alguém se habilita a me ajudar? Se souberem me mandem um email. Realmente sinto muita vontade que todos os meus jogadores usem de interpretação…