Um domingo desses eu estava voltando para casa, após um dia intenso de RPG, estava eu no ônibus, num desses momentos em que seu pensamento se eleva ao RPG e pensando em todas as músicas phodasticas que eu poderia ter tocado, e todas os talentos incríveis que poderia ter usado, e naquelas magias ruladoras que poderia ter conjurado… De repente me veio na cabeça um pensamento peculiar,

SE EU FOSSE REALMENTE TOCAR MINHAS MÚSICAS DE BARDO, QUE MÚSICAS SERIAM?

Então foi quando comecei a rir sozinha no ônibus, pensando no que tocaria, por exemplo:

Inspirar Heroísmo :

Um bardo de 15° nível ou superior, com 18 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para inspirar um enorme heroísmo sobre si mesmo ou um único aliado num raio de 9 m, permitindo que a criatura lute bravamente até mesmo um inimigo superior. Uma criatura inspirada recebe +4 de bônus de moral nos testes de resistência e +4 de bônus de esquiva na CA.


Ou então essa:

Melodia da Libertação :

Um bardo de 12° nível ou superior, com 15 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para criar um efeito similar à magia cancelar encantamento (nível do conjurador equivalente ao nível de bardo). Ativar essa habilidade exige 1 minuto de concentração ininterrupta e música. Ela afeta um único alvo num raio de 9 m do bardo. Um bardo é incapaz de usar essa habilidade sobre si mesmo. (pq afinal de contas ele já está liberto, veja só :)



Inspirar Competência :

Um bardo de 3° nível ou superior, com 6 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para auxiliar um aliado a obter sucesso em uma tarefa. O personagem também precisa enxergar a criatura. Dependendo da tarefa que será realizada, o bardo conseguirá utilizar sua música para elevar o espírito do personagem, concentrando-o ou auxiliando-o de outra maneira. O aliado recebe +2 de bônus de competência nos testes de uma única perícia enquantoouvir a música inspiradora.



Inspirar Grandeza :

Um bardo de 9° nível ou superior, com 12 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para inspirar grandeza sobre si mesmo ou um único aliado num raio de 9 m, aprimorando sua capacidade de combate. Uma criatura sob os efeitos de inspirar grandeza adquire 2 Dados de Vida adicionais (d10) e os pontos de vida temporários proporcionais (aplique o modificador de Constituição da criatura, se houver, aos DV), +2 de bônus de competência nas jogadas de ataque e +1 de bônus de competência nos testes de resistência de Fortitude.  (ou seja, o sujeito vira o pica das galáxias!)



Fascinar :

Um bardo com 3 graduações em Atuação é capaz de usar sua música ou poesia para fascinar uma ou mais criaturas. Cada criatura que será afetada deve estar num raio de 27 m e ser capaz de enxergar, ouvir e prestar atenção ao bardo. (e se o bardo for do sexo feminino ou um travesti que engane bem e estiver de mini saia ajuda) Para ativar essa habilidade, um bardo realiza um teste de Atuação. O resultado do teste será a CD do teste de resistência de Vontade para cada vítima. (se for Homem é quase certo falhar) Se fracassar, a criatura sentará tranquilamente (ou ficará babando) e ouvirá a música do bardo enquanto ele continuar tocando e concentrado (e dançando de preferência). Enquanto estiver fascinada, a vitima sofre -4 de penalidade em qualquer teste de Ouvir e Observar realizado como ato reflexo.



E para fechar, a mais clássica de todas as músicas de bardo !!!

Inspirar Coragem :

Um bardo com 3 graduações em Atuação é capaz de usar sua música ou poesia para inspirar coragem em seus aliados (incluindo o próprio bardo), amparando-os contra o medo e aprimorando suas habilidades de combate. Para ser afetado, o aliado precisa ouvir o bardo cantar. Os aliados afetados recebem +1 de bônus de moral nos testes de resistência contra efeitos de Encantamento e medo e +1 de bônus de moral nas jogadas de ataque e dano com armas.


Espero te tenham gostado da minha seleção, pq pretendo brincar com algumas classes de prestígio de bardo, rsrsrs

Kissus

Anúncios