mangá e anime


Esta é a primeira parte de uma série de posts sobre Hunter x Hunter RPG. O primeiro tópico a ser discutido será exatamente sobre a parte mais complicada de adaptar do mangá que são as regras sobre a utilização de Nen. Assim como em quase todo mangá japonês ha uma energia misteriosa que nos permite fazer coisas sobrehumanas. Só que em Hunter x Hunter é um pouco mais complicado…

Antes de mais nada vou avisando que vou controlcopiar (direitos reservados ao marlon do inominattus) certas definições de Hunter x Hunter da Wikipedia. Não por sem vergonhice, mas sim por que 60% do que tem lá foi praticamente eu que escrevi

O que é a Aura e o que é Nen?

Aura é a energia vital que flui naturalmente dos seres vivos. A arte de controlar essa energia chama-se “Nen“. Poucas pessoas conhecem esse poder, mas aqueles que o controlam se tornam pessoas poderosas, capazes de resistir ataques de bazucas e causar com os punhos ou qualquer parte do corpo dano equivalente a mesma. Extraido da Wikipedia

Transpiramos aura o tempo todo. Ela é nossa energia vital e saber aproveita-la é o que significa aprender o Nen. Existe um grande divisor de águas entre um usuário de Nen (vamos passar a chama-los assim) e um humano comum que não terá defesa nenhuma contra a energia.

Enfrentando usuários de Nen

Gon versus Knucle!

No mundo de Hunter x Hunter, em um combate entre um usuário de Nen e um que desconhece a energia para efeitos de regra considera-se que:

  • Todo personagem que não tem a vantagem Nen Básico (ler abaixo) tem automaticamente a desvantagem Vulnerabilidade a Aura. Como nas regras do Manual 3D&T Alpha, caso você seja atacado por qualquer coisas que tenha seu tipo de ataque classificado como aura, na hora de calcular sua Força de Defesa ignore o atributo Armadura
  • Objetos atacados pela energia também possuem essa vulnerabilidade. Ignore a Armadura e reduza  automaticamente os Pontos de Vida do objeto para descobrir se ele foi destruido.

Vantagem – Nen Básico (2 pontos)

Você aprendeu a controlar três tecnicas que são consideradas a base de todo método usado para manipular a aura e agora é automaticamente rotulado como um usuário de nen. Ten que diz respeito a reter a aura que exalamos e movimenta-la por nosso corpo para melhor proveito. Ren que diz respeito a capacidade de cada vez mais liberar aura de nosso corpo e Zetsu que é a capacidade de cortar completamnete o fluxo de aura para apagar seu rastro.

Para o jogo essas habilidades significam:

  • Perdemos automaticamente Vulnerabilidade a Aura.
  • Você pode declarar que está usando a habilidade Zetsu para cortar o fluxo de aura que envolve seu corpo tornando muito mais difícil sentir sua presença (mais explicações abaixo). Em contrapartida você desaparece com a aura que protegia seu corpo e assim, enquanto estiver usando Zetsu você volta  a adquirir a desvantagem Vulnerabilidade a Aura
  • Você ainda não é capaz de desferir ataques que contenham aura para afetar “pessoas comuns”.

Percebendo a presença de usuários de Nen

Qualquer usuário de nen é capaz de perceber outro próximo fazendo um teste do atributo Habilidade. A única forma de evitar isso é utilizando a tecnica básica Zetsu que você aprende comprando a vantagem Nen Básico . Ao tentar perceber alguém que conheça Nen e está oculto por Zetsu o teste de Habilidade fica mais difícil sofrendo uma penalidade igual a habilidade do personagem que está usando Zetsu.

Exemplo: Gangan está escondido atrás de um arbusto em meio a imensa floresta de Zam. Seu adversário, um misterioso ninja que o segue a dias pela floresta, perdeu sua pista e agora busca o rastro de sua aura.

O ninja deve fazer um teste de habilidade que seria fácil. Ele só não contava com o fato de Gangan ter percebido sua presença e ao despista-lo se escondeu em um arbusto e está usando Zetsu nesse exato momento. Por isso o teste de habilidade que antes era fácil se torna um teste de habilidade -4 (valor da habilidade de Gangan).

Caso o ninja não perceba mais a presença de Gangan ele estará em sérios problemas…

A matéria continua…

Tudo bem que o produto não é japonês, mas sim americano, mas ainda tá valendo…

King of RPGs é um mangá feito pela editora americana Del Rey mangá (Del Rey me lembra um refrigerante horroroso que eu bebi…) e mostra a historia do garoto que almeja se tornar o maior mestre de todos os tempos. Uou! Que original! Ok, sendo um mangá shonen (para garotos de faixa etária baixa ou quase isso) não era de se esperar menos. Tem toda aquela proposta de passar para a juventude caracteristicas relacionadas a força de vontade e determinação… Enfim…

Levando em consideração que gêneros de RPG voltados para anime e mangá existem e são bem populares (No brasil que o diga, né senhor Cassaro) isso não iria demorar muito mesmo. No site oficial do King of RPGs podemos conferir a arte e o lançamento que está previsto para dezembro desse ano.

O autor do mangá é Jason Thompson e o desenhista se chama Victor Hao. Desconheço completamente o trabalho deles, mas os desenhos do Victor são bons, vou acompanhar de perto a evolução do projeto.

Agradecimentos ao Alexandre Lancaster, Redator da Neo Tokyo e carioca (que pelo que vejo joga também rpg) por ter achado essa incrível notícia e postado no seu blog Maximum Cosmos. Quem sabe no pré-encontro de blogs aqui no Rio ele não aparece?

Ps. Será que dá pra jogar RPG com uma jogadora assim:

Ai ai ai ui ui ui…

ogl.gif

System Reference Document conhecido como SRD é todo conteúdo livre, gratuito, disponibilizado na internet que pode ser usado por qualquer pessoa sem ter problemas com direitos autorais. O SRD até aonde sei, diz respeito a produtos que usam a licença OGL, usada em D&D, 4D&D, True D&D, BESM D20 e por ai vai… Qualquer dúvida maior, o CF já explicou sobre esse monte de sigla em uma matéria lá no Covil…

O mais famoso SRD é com certeza o de D&D (oh!!! por que será!!!), o site HypertextD20 SRD, é o melhor site que expõe esse conteúdo. O que me deixa abismado, é que praticamente todo D&D está lá, olhem por vocês mesmos, até os monstros estão presentes. O fato é que todo livro que usa a licença OGL chega a ter 80% de seu conteúdo livre para utilização, o que não é pouca coisa não!

Quando escolhi BESM RPG para adaptar Hunter x Hunter foi além de gostar dessa nova proposta com o D20, o fato dele ter um SRD, isso me deixa menos encucado quando lanço algo na internet usando o sistema. Não que obrigatóriamente o SRD dite o que é livre. 4D&T é praticamente TODO livre e não tem SRD, mas ter uma base divulgada na internet evita que eu interprete mal o que é livre e não…

O link do SRD do BESM D20 é esse aqui:

http://www.opengamingfoundation.org/animesrd.html

Originalmente encontrado no site dos Guardians Of Order criadores do BESM, o site saiu do ar (junto com a empresa que acabou como falei no ByM Adventures) e agora o SRD somente se encontra disponível no site da Open Gaming Fundation. Detalhe que o SRD é chamado de Anime D20, e creio que isso tenha ajudado a muitas pessoas não encontrarem esse SRD. Vale lembrar que está em inglês, mas acho que isso não será muito problema.

Fica a dica pra quem tem curiosidade de saber como é BESM D20, além de uma boa dica pra quem está interessado adaptar ou criar algo nos padrões anime com D20.

OBS: Alguém está a fim de traduzir esse SRD?

OBS 2: Alguém aqui que comprar os revolucionários produtos do Speed Racer?

Depois de séculos anunciando a adaptação de Hunter x Hunter, não achei que as pessoas ligavam muito pra isso. O fato é que FastFudge, meu sistema, ainda está em desenvolvimento.

Primeiro por que idéias assim não saem de uma hora pra outra. Segundo por que quando achei que seguiria um caminho, encontrei outro muito mais interessante. Resumindo, regredi bastante o projeto para tomar um rumo novo e mais interessante quanto as minhas espectativas para o sistema.

E como fica Hunter x Hunter? Fica com o BESM D20. Ai você me pergunta, como assim josé?!??! Pois bem, BESM D20 – ou Big Eyes, Small Mouth – é a melhor versão do sistema D20, esse voltado para animes. Sistemas assim são mais fáceis de usar e o mais divertido é o fato de como quase tudo nesse livro é OGL, posso distribuir as regras de graça sem me preocupar com candando me processando…

Não usei 3D&T por que mudou muito, gosto da época do manual vermelho. 4D&T é muito incompleto e ainda não sei o que posso usar ou não. Também não estou a fim de reinventar a roda, um sistema que visa adaptar animes normalmente já tem o que quero. BESM D20 tem.

O que me levou a tomar essa decisão é poder liberar logo minha idéia, vocês não tem noção de quantas pessoas me pedem atualmente a adaptação de Hunter x Hunter. Fiquei feliz, não sabia que havia tantas…

Por isso em breve Hunter x Hunter em BESM RPG deve sair. Vai dar trabalho, mas vai valer a pena.

 

bym.jpg

A galera do ByMAdventures Reunida 

Minha matéria no BymAdventures saiu! Seu nome é RPG no Anime que apresenta sistemas que possuem como proposta adaptar Animes e Mangás (ok, o titulo é obvio). De FUZION a 4D&T. Confiram!!!

Link: http://www.bymadventures.com/paginas/pagina.php?pagina=223

Não esqueçam de conferir o resto do portal! Recomendo os comentários sobre os filmes de Maio, e uma excelente matéria sobre os jogos da linha Warcraft (até os rpgs de mesa!).

Depois não querem que eu reclame junto com outros blogueiros dos jornalistas. Depois somos nós que geramos conteúdo duvidoso. Olhem a pérola de desinformação (com os erros em negrito e comentários do Phil entre parenteses) que achei no portal de informação G1:

Em se tratando de mangás tupiniquins, a referência é “Holy avenger”, lançado em 1999 pela editora Talismã, que conseguiu o feito de permanecer quatro anos sendo publicado.

A série se passa num mundo típico dos jogos de RPG (definição extremamente discutível) e foi criada por Marcelo Cassaro, editor da revista “Dragão Brasil” (alguém além de mim não esta achando esse cara um pouquinho desatualizado?), e desenhada por Érika Awano. Foram 42 edições mensais e algumas especiais que chegaram a uma tiragem de 30 mil exemplares com picos de vendas ultrapassando 50% dessa quantidade – um sucesso editorial para os padrões recentes. Foi lançada ainda uma segunda temporada em quadrinhos, “Holy avenger reloaded”, que não durou mais do que dez edições (segunda temporada é o caralho… era só a reedição, não teve segunda temporada). Uma versão em animê chegou a ser planejada, mas o projeto não decolou (na realidade ela ta ai sendo feita, devagar mais está).

Será que o jornalista em questão (quer dizer, deve ter sido o estagiário, só pode) não teve a grandiosidade de nem ao menos ligar para os autores e se informar. Ligar pra editora atualmente responsável pelo menos?

Fonte: G1

hunter x hunter

Saiu no Submarino!

Já não é de hoje que me declarei um fã de Hunter x Hunter. A JBC mandou bem e quase cai da cadeira quando vi o primeiro volume disponível para pré-venda no Submarino. Sairá em volumes completos (graças a deus a jbc aprendeu!) e o lançamento oficial está previsto para dia 23/01.

Mas para quem quer garantir o seu logo ou mora em locais aonde a distribuição não é regular ou demora um pouco mais vai a dica. Cliquem na imagem do volume mais acima ou na imagem dos item vendidos pelo submarino a esquerda no blog se estiverem interessados em comprar (e assim vocês também ajudam o Phil a pagar a hospedagem). Você não tem noção da minha satisfação com essa notícia…

Próxima Página »