Opinião


Hoje é um dia muitíssimo especial! Hoje, dia 2 de junho o Dados Limpos completa 2 anos de existência! 2 longos anos (parece uma eternidade) escrevendo sobre RPG, sobre as coisas que eu crio, participando de outros blogs, discutindo, aprendendo e me divertindo acima de tudo.

Conheci gente que eu era fã, como o J.M Trevisan, o famigerado Dr. Careca e seus textos que eu adorava ler (só fica faltando o Cassaro). Virei fã do trabalho dedicado do Fabio Sooner, eu que tinha um visão burra e estereotipada dos  “jogadores de Vampiro” passei a observar com mais cuidado os “fãs da White Wolf” e seu excelente trabalho atual, o Novo Mundo das Trevas. Descobri que dentro da Devir tem gente que se preocupa com o consumidor e está dando a cara a tapa mudando totalmente minha visão da mesma ou parte dela.

Fiz amizades incríveis, pessoas talentosas que assim como eu escrevem na internet sobre RPG por que gostam. Vide A Matilha com seus integrantes incríveis e singulares, o Tsu que começou a escrever na internet para narrar suas aventuras de Gurps Conan! O Tarmann que escrevia no falecido blog da DragonSlayer, que no primeiro comentário que ele fez eu fiquei pasmo: “uau, alguém da Dragonslayer está comentando no meu blog!!!” E indiferente da revista, revelou-se um grande empreendedor cheio de idéias maravilhosas. O Edy Abreu figurão por trás do Urina Negra e Urina de Dragão, outra criatura super divertida que não posso deixar de citar, quando eu for em Minas quero te conhecer safado! O Rey Jr do Ooze polêmico do jeito que é, mas uma simpatia que sobra e um coração idem…

Tem muito mais blogueiro ai nessa história, mas esses em especial foram aqueles que começaram a idéia do que seria o Encontro de Blogs de RPG. Encontro que se tornou real devido a boa disposição de todos os citados acima. O Encontro existiu e continuará a existir enquanto o motivo desse encontro ser o mesmo que gerou o primeiro. Pela amizade gerada após horas trocando idéias na internet, pela admiração das capacidades individuais de cada individuo por trás de seus textos, sua forma particular de escrever e criar.

Foram 2 anos aonde o Dados Limpos que começou mais como um blog de campanha e virou um blog que discute e critica o RPG nacional com humor, sempre muito humor. Nunca deixando de falar das minhas criações, por mais doidas que sejam elas… Mas foram mudanças boas, por que hoje o blog está em sintonia com seu dono, com notícias e textos que escrevo com prazer.

Prazer maior ainda quando leio comentários de leitores fieis que nunca haviam se manifestado antes. Gente que acompanha esse blog e assim como eu percebeu toda essa mudança e continua aqui, lendo minhas sinceras opiniões. Muito obrigado a todos vocês por toda a paciência nesses dois anos juntos! É bom demais estar aqui nesse espaço compartilhando toda essa alegria!

Não posso deixar de agradecer também a meu amigo/irmão/clone/ Rafael, que me apresentou ao mundo dos blogs e hoje caramba, eu escrevo muito mais que ele rsrsrs… Também a meus jogadores de RPG que são a inspiração de grande parte do que escrevo, todos eles sem exceção. E minha esposa que mesmo sem entender direito ainda o que é RPG, respeita meus gostos e está comigo para qualquer coisa.

São dois anos de Dados Limpos meus amigos! Dois anos que começaram a ser construídos sem ajuda nenhuma, em uma época que não havia muito local a se divulgar o trabalho.  Hoje, em um momento muito mais tranquilo, faço questão de trazer para os blogs todo talento que eu conseguir achar. Alias, hoje  também tenho dois talentosos colaboradores que são o Mario Kajiya do Sociophobia e o Ronaldo do Hamister Tower. Dois grandes nomes para o humor que colaboraram e continuam colaborando para o sucesso do Dados Limpos.

Tenho mais coisas a escrever hoje e durante a semana sobre isso. E como sempre, faço questão de sauda-los com o que falo com todos que comentam pela primeira vez em meu blog.

Sejam bem vindos ao Dados Limpos!!!

Para mim e para muitos que leem essa “outra versão” pode ser bem mais supreendente do que se imagina. Falo do caso de Ouro Preto, aquele que envolveu uma menina esfaqueada em um cemitério e jogadores de RPG que foram acusados do crime.

O que eu não sabia é que os jogadores de RPG acusados pelo ato barbaro, considerados anormais, insanos, na realidade possuem bastante chance de não serem culpados. Hã? Como assim? O nosso amigo tangueiro Jaime Daniel andou comentando em algumas listas de RPG um pouco sobre o assunto. Vocês sabiam que não existe nenhuma prova envolvendo os garotos acusados do crime? Ou sabiam que somente um dos acusados era jogador de RPG?

Pois é. Nos incomodamos com a injustiça que a mídia fez em acusar e relatar de forma tendenciosa e bem equivocada o que seria um jogo de RPG, nos incomodamos com essa falta de informação, mas muita gente andou cometendo o mesmíssimo erro.

Foto dos garotos acusados do assassinato em Ouro Preto - Jornal O Tempo

Hoje, o Jaime escreveu sobre o assunto em seu excelente blog Terra do Nunca e revelou a primera entrevista dada pelos garotos do caso de ouro preto, quase 8 anos depois do acontecido. Vale a pena conferir, mais que tudo, divulga-la. Até para evitar que a falta de informação alimente gentinha como essa que comentou na página do jornal:

Quem fez uma coisa dessas, tirar a vida de uma jovem por um jogo idiota, tem a conciência tranquila ? Poem a cabeça no travesseiro e dorme sem pesar ? Vive na impunidade e fica por isso mesmo. Não está lichando pela família e colegas da vítima ? É um pulha.

Pelo visto o tal de Kaio que fez o comentário nem leu a matéria. Mais um idiota para soltar asneiras sem sentido sobre um assunto. Mas o que diferencia quem acusou os garotos de assassinos relacionando o rpg dos que não relacionaram ao caso? É essa falta de bom senso quanto a atitudes e opiniões, essa preguiça de pensar que nos faz por exemplo, votar em políticos que fingem que fazem alguma coisa por nós e no final não fazem nada.

Estou torcendo para que tudo se resolva da forma mais justa possível e que mais essa tentativa de querer chamar atenção com o caso seja totalmente frustrada. E vocês? Sabiam realmente o que estava acontecendo nessa história do assassinato em Ouro Preto?