Tenha muito cuidado com o ponto fraco que escolhe...

Ter a desvantagem Ponto Fraco em 3D&T deixa o opositor mais forte ganhando +1 em Habilidade durante o combate. Parece muito pouco, mas Habilidade é o atributo mais usado em 3D&T e mesmo o +1 faz toda diferença do mundo.

Sendo o tema da Iniciativa 3D&T Alpha dessa semana Artes Marciais, venho por esse post sugerir que a vantagem Ataque Especial possa ganhar um pouco mais de possibilidades sendo capaz de dar trabalho para quem a possui. Segue abaixo duas fraquezas que podem ser compradas:

  • Ponto Fraco: Golpe Ineficaz (-1 ponto): Depois que o Ataque Especial é usado um número de vezes igual a sua Habilidade no mesmo adversário, esse inimigo pode efetuar um teste de Habilidade por rodada e caso ele tenha sucesso no teste ele ganha Armadura Extra contra seu Ataque Especial sempre.
    O jogador pode recomprar a Desvantagem para anular essa Armadura Extra representando sua superação com relação a fraqueza em sua técnica especial.
  • Ponto Fraco: Vulnerabilidade (-1 ponto): Quando você usa seu Ataque Especial você cria uma brecha em sua defesa que permite ao adversário causar mais dano em você. Você consegue ocultar de seu adversário o ponto fraco de seu Ataque Especial um número de vezes que você usa esse Ataque contra ele igual ao seu atributo Habilidade. Depois disso, caso ele passe em um teste de Habilidade (que pode ser tentado uma vez por rodada após ser possível) toda vez que você efetua seu Ataque Especial, na rodada seguinte e somente durante ela você fica com a Desvantagem Vulnerabilidade a qualquer ataque desse adversário.
    Novamente essa Desvantagem pode ser recomprada posteriormente representando a superação do personagem.

Inspirei-me claramente em situações comuns de combate em mangás, mas enfim, estamos falando de Defensores de Tóquio, não vejo nada demais com relação a isso. O valor -1 ponto pode parece baixo para uma desvantagem que abre sua defesa ou torna seu ataque praticamente ineficaz, mais não custa lembrar que essa desvantagem é uma fraqueza do Ataque Especial e somente usando ele você terá problemas.

Outros blogs que já participaram da Iniciativa:

Crônicas de Arton – Novas Vantagens de Artes Marciais
Elf’s Lair
Ninjas
Livre RoleplayKung-Fantasy
Rodapé do Horizonte – O Monge do Punho de Khalmyr
Yomotsu Hirasaka – Técnicas Especiais

Uhuuuu!!! Parece que o novo Manual 3D&T anda muito bem das pernas e a Jambô já encomendou suplementos para o Cassaro! A notícia foi dada no Fórum da Jambô e o primeiro suplemento da lista será o Manual do Aventureiro!

titanic-3dt.jpg

You’re hereeeeeeeeee, there’s nothing I feaaaaaaaaar… ops… vocês já querem vomitar?

Usei muito o manual do aventureiro e uma nova versão seria com certeza muito bem vinda. Só espero que sejam neles excluidos certos kit bem surreais como:

  1. Os guerreiros elementais
  2. Aquele maldito kit do lenhador com machado retornável
  3. A classe malabarista (ou algo assim) que tinha uma manobra atirando objetos que era muito, mas muito desiquilibrada…

Em contrapartida o Cassaro já anunciou que passará todas as Classes Prestígio de D&D para kits nesse novo livro o que gera boas especulações…

3D&T agora retorna como sistema oficial de Tormenta?!? Será ele o único? Levando em consideração que a linha Tormenta D20 terá fim (não definitivo obviamente) o que está para começar pode ser um livro básico com dois sistemas 3D&T e D20?!?

Até me cadastrei no fórum da Jambô por que segundo o Nume no Ambrosia o Cassaro está lá respondendo duvidas dos fãs e discutindo sobre suas posições sobre o sistema, algo que – discordando do Nume – não é tão comum assim não. Na realidade a atenção do Cassaro dá mais um gás e crédito ao retorno desse sistema tão querido por mim. Vamos Defensores! Avante!

Alias, o Armageddon do Inominattus é moderador do fórum… mundo pequeno?

Depois não querem que eu reclame junto com outros blogueiros dos jornalistas. Depois somos nós que geramos conteúdo duvidoso. Olhem a pérola de desinformação (com os erros em negrito e comentários do Phil entre parenteses) que achei no portal de informação G1:

Em se tratando de mangás tupiniquins, a referência é “Holy avenger”, lançado em 1999 pela editora Talismã, que conseguiu o feito de permanecer quatro anos sendo publicado.

A série se passa num mundo típico dos jogos de RPG (definição extremamente discutível) e foi criada por Marcelo Cassaro, editor da revista “Dragão Brasil” (alguém além de mim não esta achando esse cara um pouquinho desatualizado?), e desenhada por Érika Awano. Foram 42 edições mensais e algumas especiais que chegaram a uma tiragem de 30 mil exemplares com picos de vendas ultrapassando 50% dessa quantidade – um sucesso editorial para os padrões recentes. Foi lançada ainda uma segunda temporada em quadrinhos, “Holy avenger reloaded”, que não durou mais do que dez edições (segunda temporada é o caralho… era só a reedição, não teve segunda temporada). Uma versão em animê chegou a ser planejada, mas o projeto não decolou (na realidade ela ta ai sendo feita, devagar mais está).

Será que o jornalista em questão (quer dizer, deve ter sido o estagiário, só pode) não teve a grandiosidade de nem ao menos ligar para os autores e se informar. Ligar pra editora atualmente responsável pelo menos?

Fonte: G1

Quando se falou da animação de Holy Avenger muito rebuliço foi causado. Holy foi o primeiro manga produzido no Brasil de sucesso. Ele era excelente, e ajudou em MUITO a popularizar tanto o RPG entre fãs de animes e mangás quanto ajudou a popularizar o proprio cenário de campanha, que é o Tormenta.

Sempre quis ver o resultado e após um email do Tarmann do Blog Dragon Slayer fui descobrir que existe uma animação e cantada ainda por cima. Eu já havia escutado algo sobre, mas sempre procurei e nada. Bom está ai.

Link da animação: http://www.youtube.com/watch?v=GPZpbTqZ0Oc

O triste é que, como o título diz, foi a entrada rejeitada. Eu até entendo, para uma prévia ainda decepciona um pouco. Muitas imagens paradas, não pra ter noção de como vai ser. E até aonde sei, houve uma mudança no visual dos personagens para ficarem mais adequados a um publico menor de idade (para os fãs de niele isso é uma grande lástima…) que até aonde vi não me agradou muito. Mas antes julgar que tal aguardar o resultado final?

Só pra constar achei esse vídeo da Erika Awano. Esse é para quem sempre teve curiosidade de vê-la como é de verdade, esta ai. Alias, ela é uma gracinha, adoro orientais (alguém aqui já não cansou de ouvir isso?) e se ela estiver disponível eu também estou. Por que não?

Video da Erika: http://www.youtube.com/watch?v=Fr8-9AvrR8c

Vou para São Paulo fazer uns cursos para minha especialização e de quebra quero ver se aproveito e vou pra semana Internacional de RPG! Que alegria! Só tenho que ver se vai ser 100% possível($$$) tal empreitada, mas eu estando em São Paulo é difícil não pensar em ir lá. Não dá!

Quero ver a entrevista de Monte Cook aonde com certeza vai ser bombardeado por perguntas sobre sua versão do Mundo das Trevas. Fora a chance de conhecer nomes do rpg nacional como J.M Trevisan, Cassaro

Farei hoje uma mudança na sessão Mestres dos Dados. Com meu blog sendo visitado por pessoas que são fora do meu grupo de amizades vou colocar um link exatamente para o nome de cada jogador quando cita-lo em algum texto do blog. Isso ajuda a ganhar mais intimidade e faz a mulambada circular mais pelo blog. ^^

Galera até mais, devo postar alguma antes, mas caso não faça postarei de São Paulo. Fui!!!

Nota: Cliquem aqui e vejam o poster oficial. Feinho bagarai!!!