Um domingo desses eu estava voltando para casa, após um dia intenso de RPG, estava eu no ônibus, num desses momentos em que seu pensamento se eleva ao RPG e pensando em todas as músicas phodasticas que eu poderia ter tocado, e todas os talentos incríveis que poderia ter usado, e naquelas magias ruladoras que poderia ter conjurado… De repente me veio na cabeça um pensamento peculiar,

SE EU FOSSE REALMENTE TOCAR MINHAS MÚSICAS DE BARDO, QUE MÚSICAS SERIAM?

Então foi quando comecei a rir sozinha no ônibus, pensando no que tocaria, por exemplo:

Inspirar Heroísmo :

Um bardo de 15° nível ou superior, com 18 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para inspirar um enorme heroísmo sobre si mesmo ou um único aliado num raio de 9 m, permitindo que a criatura lute bravamente até mesmo um inimigo superior. Uma criatura inspirada recebe +4 de bônus de moral nos testes de resistência e +4 de bônus de esquiva na CA.


Ou então essa:

Melodia da Libertação :

Um bardo de 12° nível ou superior, com 15 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para criar um efeito similar à magia cancelar encantamento (nível do conjurador equivalente ao nível de bardo). Ativar essa habilidade exige 1 minuto de concentração ininterrupta e música. Ela afeta um único alvo num raio de 9 m do bardo. Um bardo é incapaz de usar essa habilidade sobre si mesmo. (pq afinal de contas ele já está liberto, veja só :)



Inspirar Competência :

Um bardo de 3° nível ou superior, com 6 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para auxiliar um aliado a obter sucesso em uma tarefa. O personagem também precisa enxergar a criatura. Dependendo da tarefa que será realizada, o bardo conseguirá utilizar sua música para elevar o espírito do personagem, concentrando-o ou auxiliando-o de outra maneira. O aliado recebe +2 de bônus de competência nos testes de uma única perícia enquantoouvir a música inspiradora.



Inspirar Grandeza :

Um bardo de 9° nível ou superior, com 12 graduações em Atuação, é capaz de usar sua música ou poesia para inspirar grandeza sobre si mesmo ou um único aliado num raio de 9 m, aprimorando sua capacidade de combate. Uma criatura sob os efeitos de inspirar grandeza adquire 2 Dados de Vida adicionais (d10) e os pontos de vida temporários proporcionais (aplique o modificador de Constituição da criatura, se houver, aos DV), +2 de bônus de competência nas jogadas de ataque e +1 de bônus de competência nos testes de resistência de Fortitude.  (ou seja, o sujeito vira o pica das galáxias!)



Fascinar :

Um bardo com 3 graduações em Atuação é capaz de usar sua música ou poesia para fascinar uma ou mais criaturas. Cada criatura que será afetada deve estar num raio de 27 m e ser capaz de enxergar, ouvir e prestar atenção ao bardo. (e se o bardo for do sexo feminino ou um travesti que engane bem e estiver de mini saia ajuda) Para ativar essa habilidade, um bardo realiza um teste de Atuação. O resultado do teste será a CD do teste de resistência de Vontade para cada vítima. (se for Homem é quase certo falhar) Se fracassar, a criatura sentará tranquilamente (ou ficará babando) e ouvirá a música do bardo enquanto ele continuar tocando e concentrado (e dançando de preferência). Enquanto estiver fascinada, a vitima sofre -4 de penalidade em qualquer teste de Ouvir e Observar realizado como ato reflexo.



E para fechar, a mais clássica de todas as músicas de bardo !!!

Inspirar Coragem :

Um bardo com 3 graduações em Atuação é capaz de usar sua música ou poesia para inspirar coragem em seus aliados (incluindo o próprio bardo), amparando-os contra o medo e aprimorando suas habilidades de combate. Para ser afetado, o aliado precisa ouvir o bardo cantar. Os aliados afetados recebem +1 de bônus de moral nos testes de resistência contra efeitos de Encantamento e medo e +1 de bônus de moral nas jogadas de ataque e dano com armas.


Espero te tenham gostado da minha seleção, pq pretendo brincar com algumas classes de prestígio de bardo, rsrsrs

Kissus

Bom, o Max me passou o post dele porque ele é preguiçoso e não gosta de revisar, então eu adicionei meus *Comentarios * (Raty)

.

..

Demoro mas eu fiz!!!

(Eu nunca tiro a minha máscara)

Nome: Mustang
Jogador: Max Mustang
Altura: 1,80
Peso: 93 kg (acima do peso …. )
Tamanho: Médio
Cabelos: Sem corte, tudo doido. *Ele quis dizer Ruim*
Olhos: Enxergo bem! *Sei*

Habilidades

Força: 10 (Alberto “Max, abre a garrafa pra min” Max “Manda”)

Destreza: 10 (To gordo mas sou ágil) *93 Kg e ágil, difícil acreditar, mas é verdade eu faço TaeKwon Do com ele*

Constituição:8

Inteligência: 12 (não sou burro!!! )

Sabedoria: 4 (humm ~.~)

Carisma: 20 ( eu sou Lindo!) *Não preciso dizer que é totalmente mentira né? Senhor GG*

Resistências

Fortitude: 0 (T.T)

Reflexos: 4 ( Graças aos 3 anos de Tae Kwon Do) *Que você só treinou 8 meses*

Vontade:1 ( argh!)

Perícias:
Cantar: 20 (Musica: Creu!) *Te odeio*
Procurar: -6 (Eu nunca acho nada..T.T) *Pura verdade*
Piadas: -6 (Não consigo entender algumas piadas tipo a do Jaspion) *Alguém entendeu aquilo?*
Chutar: 15 (eu chuto tudo que aparece na frente)
Tae kwon Do: 10 (Só sei chutar sem parar)
Call of duty 4 Modern Warfare: 15 (To jogando no Hard) * E me pergunta no MSN de 5 em 5 minutos como faz pra passar de fase.*

*Disputar números com Raty (teste de esconder-se “tirei 18+1 =19” Max “tirei 6..+22!! = 28..ganhei ) *Fck U*

Habilidades Especiais:

Zoar o Sapo: Algumas vezes(tipo 30 vezes…) ao dia, eu consigo zoar o sapo com alguma coisa que ele fez, falou ou pensou, como ação livre. *Acho que o Sapo é quem tem a habilidade de ser zoado*

Virar Abóbora: De acordo com a Miss. Sati eu viro abóbora apos as 20hs tendo que estar em casa para que ninguém me veja.

Ficar bêbado com um copo de qualquer coisa: Nem precisa explicar certo?.. Sessão de Call of Cthulhu inesquecível. *Perdi esse dia*

Assistir à aula: Mustang tem a habilidade de assistir aula na faculdade sem prestar a atenção e conversando com o Raty sobre D&D ao mesmo tempo. *A aula era de matemática, é tudo parecido.*

Frase Celebre:

“Eu me escondo!”

“Eu vou furtivamente”
“O Phil e meu”
“Estou escondido certo?”
“Eu uso invisibilidade”
“Phil estou fazendo meus venenos hein.”


*Bom, foi isso xD, espero que o MAX odeie.*

Eu estou aqui para declarar que o Grande Chuck Norris protege os jogadores de RPG.

Ontem conversando no MSN com o Phil Blogueiro Jaspion Careca e mestre de D&D, teve um assunto parecido com:”vocês são muito cagões… já era para alguém do grupo ter morrido, só que vocês são muito cagões…bla bla bla”.
Dai ficamos relembrando as situações de morte no grupo.

Começando por min.

Mustang NUB no Call of Duty 4 Modern Warfare
Nome: Orphen Leonhart
Passa tempo: Assassino? Será mesmo?

1º. Logo no começo da aventura, tivemos que invadir (na verdade não tínhamos que invadir em si… foi a melhor opção que conseguimos pensar) um bordel cheio de aranhas (alguma semelhança entre bordel e aranhas O.o) daí, o ASSASSINO se disfarça de soldado da cidade para poder entrar no bordel junto com a milícia, atrás do braço direito do prefeito, chegando lá o ASSASINO descobre que era uma cilada (depois de ter 30 guardas e um taurino com dois bacamartes* atrás dele… ele resolve correr e se jogar de uma janela para evitar a morte.
Ai é que eu soube que a vontade de Norris estava ao meu lado… providenciou que o 20pegar estivesse lá em baixo para me segurar

2º Estávamos viajando num Zeppelin quando fomos surpreendidos por Homens-Dragão, começaram a nos atacar, e um deles conseguiu furar o balão, dai resolvemos que eu ia ajudar um Goblin a consertar o furo, e os guerreiros lutariam contra as criaturas, daí, um dos Homens-Dragão pousa na proa do zeppelin onde estava a Sati e Phan (Sexo Frágil?), eu como estava mais perto ia tentar ajudar em alguma coisa, desci de cima do balão e fui enfrentar o guerreiro, por pura vontade de Norris a criatura que tinha um bônus absurdo em agarrar falhou, dai o 20Pegar percebeu a situação de quase morte e desceu para nos ajudar. (ajudar = matar o monstro).

Sapo
Nome: Sapo mesmo ou Borborigmo Cezar
Passa tempo: Vulgo Arqueiro

Verdadeiro sapo

Esse aqui e o sapo de verdade. Nada de troll fodão

Norris não costuma proteger guerreiros medrosos, que não enfrentam um adversário a altura e/ou que foge de tudo que se meche e que não se meche, MAS Norris é bondoso e uma certa vez protegeu essa ridícula criatura, nesse dia fomos enfrentar 2 monstros poderosíssimos que o Phil Jaspion trouxe, eles tinham 2 espingardas que davam 2d6+1 de dano por turno(wow?).
Dai nosso MIGUXO NUB no Call of duty 4, Raty entrou em frenzy*(tenho muito medo) e acabou com os terríveis monstros, sobrou pra quem? Sapo como sempre, depois que Turok usou seu grito de guerra “Turok Esmaga!” o Sapo foi completamente esmagado.
Mas agora… aonde Norris interferiu ???
Ele interferiu em que logo que o sapo foi esmagado, acabaram os turnos de frenzy do Raty, e Sapo sobreviveu por pouco. Norris mais uma vez nos salvando

Raty NUB
Nome:
Turok Sobrenome Dificil
Passa tempo: Esmagar?

Raty ou Al

Homem-vaca?

1º Uma vez estávamos explorando uma espécie de masmorra, com três portas diferentes com imagens de anões diferentes, um tipo de enigma, que por acaso nós não deciframos XD.
Tínhamos que apertar a mão do anão pra porta abrir, dai o Grande e Poderosíssimo Assassino foi apertar a mão do anão, resumindo: um URSO ATROZ surgiu magicamente, e estraçalhou o Raty com 3 ataques o “gazela” foi a 10 pontos de vida e ficou na MERDA!

2º Essa aqui e especial, deixarei pra falar depois

Alberto 20Pegar
Nome:
Loke 20Pegar
Passa tempo: 20?

Nosso digníssimo Alb 20Pegar também já passou por o tipo de situação que somente Norris poderia lhe ajudar. Algum tempo atrás o Phil Jaspion colocou uma centena de KYTHONS , que são alguns seres bizarros do mont cook de ND5(piada interna).
Em cima de uma colina o taurino (Homem-vaca) se posiciona na frente do grupo para enfrentar a legião (uns 10 no máximo) de inimigos, no meio do combate o taurino “Ficou com medo, e como todo animal com medo, ele partiu pra cima de seus inimigos com seus músculos de aço, agilidade felina e movimentos mortais, amaldiçoando algo de maneira inteligível por entre seus dentes”, (piada interna = leia Conan) no final das contas ficou acabado, com cerca de 20PVs

Rafael Clone do Phil
Nome: Aoshi alguma coisa que eu não lembro e não perguntarei.
Passa-tempo: Imitar o Phil Jaspion, até com a falta de cabelo.

Druidas….

Umas das missões que o Phil Jaspion nos passou foi tomar conta dos negócios de uma taverna, o chefe era o Druida Aoshi, num belo sábado de sol os nossos amigos foram fazer compras e, s ficou na taberna o assassino e o bárbaro, daí, sofremos um ataque de Homens-Dragão (livro do DragonLance) nisso nosso digníssimo bárbaro entra em frenzy, logo no mesmo turno que mata o inimigo… agora imaginem quem apareceu logo em seguida na taberna? O Druida! Logo que Raty partiu pra cima do menino ele fez um campo de força e ficou dentro, nada podia passar (não lembro bem da magia não) sei que ele tomou muita pedrada(1d2+10 10 = MOD for). E só não morreu porque o Raty ficou com pena e não quis atacar direito, de 96 pontos de vida o druida foi a 6, agora imaginem vocês um taurino em frenzy dando pedradas em um druida, que bizarro.

Intervenção divina de Norris pra ele.

*Frenzy: O personagem fica PUTO e começa a meter a porrada nos inimigos e depois nos amigos resumindo é isso ai

*Taurino com bacamartes: Grande Phil Jaspion sendo aterrorizado pelos 20´s do Alberto e viajando no livro A Torre Negra que e sobre Pistoleiros (No livro seriam uma espécie de paladino)

Tá uma febre de memes, todo Blog que eu acesso, lá tem uma resposta de um Blogueiro a algum Meme de outro. Se isso me incomoda? Não mesmo. Aliás, tô achando interessantíssimo participar também. Observando bem, os Memes têm um poder incrível, eles simplesmente conseguem empolgar os autores a se juntar e publicar sobre um assunto em comum, cada um citando o outro. Esse é o poder da multiplicação: Eu acesso seu Blog, vejo um Meme, participo, daí, mas uns três olham no meu Blog participam e aí cada Blog contamin… quero dizer espalha para mais uns três e assim vai…. Se parar pra pensar, teoricamente, com apenas um Meme seria possível alcançar toda a Blogosfera, como uma Corrente do Bem (não to me reconhecendo).

Bem, chega de viagem…

Fui convidado (lê-se intimado) para participar do Meme 161, difundido pelo Edy Abreu do Urina de Dragão. Na verdade, antes dele foi o Xiba e antes dele foi a Lili e antes dela eu não encontrei quem foi (só para dar uma idéia de como a coisa se multiplica).

As regras são as seguintes:

1. Pegue no livro mais próximo, com mais de 161 páginas
2. Abra o livro na página 161.
3. Na referida página procure a 5ª frase completa.
4. Transcreva na íntegra para o seu blog a frase encontrada.
5. Passe o desafio a cinco pessoas.

O meu resultado foi esse:

“A Ciclofosfamida, a Lidocaína e o Trimetafam aumentam o bloqueio neuromuscular provocado pela Succinilcolina, porque reduzem a atividade enzimática da Colinesterase plasmática”.

Esse livro não tem nada a ver com RPG, jogos ou humor, mas é o que estou lendo no momento. O título é: Farmacologia; De um autor chamado Penildon Silva. Trata da interação de substâncias químicas com o corpo humano e blá, blá, blá…

Assim como o Tsu, também não lembro de algum blogueiro que não tenha sido convidado. Então chamo a galera do meu grupo para participar do Meme: Paula, Sati, Max, Márcio e Alberto. Quem Sabe eles não se animam a revelar o que andam lendo!!!

Super Assassino Felino

Nos jogos de RPG, existem várias classes ligadas a um tipo de terreno especial (a maioria inúteis), como: Mago da Montanha, Guerreiro do Gelo, Clérigo do Pântano, Bárbaro da Relva, Bardo Marinho, Druida da Floresta (esse até que presta) e o incomparável Assassino do Deserto. Mas vamos analisar agora como é a classe de terreno mais apelona de todas, o Assassino do Deserto sem Sobrevivência no Deserto.

Essa classe, se utiliza de suas habilidades ladinas para se dar bem nas campanhas mestradas pelos mestres mais bobinhos, tipo o nosso. Pelo seu nível de apelação, o jogador que ficou com essa classe, pode se considerar um sortudo, no nosso grupo esse carinha foi o Mustang, melhor interpretador de assassinos que o mundo já viu.

Agora vamos ensinar como fazer para jogar com essa classe. Para conseguir interpretá-la bem, é necessário que o jogador tome as seguintes atitudes conforme a campanha rola (Há, lembrando que o mestre não deve permitir que mais de um jogador utilize esta profissão, ou sua campanha pode sair do controle):

Existem 7 mandamentos básicos para que você possa se dar bem com essa classe tão, hãm… exótica. Porém, esses mandamentos devem ser seguidos a risca, pois do contrário seu Assassino do deserto sem sobrevivência no deserto não será igual ao original.

1°: Poupar sobrevivência: Como pré-requisito para se tornar um assassino do deserto, você não deve nunca, jamais, em hipótese alguma, colocar pontos em sobrevivência no deserto. Porquê? Ora! Não faço a menor idéia, não foi eu quem bolou essa coisa, pergunta ao Max, foi ele quem criou a classe… É lógico que isto pode te causar problemas, tipo ser achado no deserto quase morto por um Taurino do deserto com sobrevivência no deserto e ter de servi-lo como escravo sexual pro resto da vida…

2°: Poupar Ataques Mortais: Para fortalecer seu personagem, você deve fazer algo que nenhum dos outros assassinos no mundo todo jamais fizeram, que é limitar seus ataques mortais, este tipo de assassino, simplesmente nega-se a matar os seus alvos (Aliás, jogando Cuthulu, esse personagem além de não matar o alvo, ainda o levou para a enfermaria para que ele NÃO morresse). Em termos de regras, você só deve começar a utilizar sua habilidade “Ataque mortal”, quando chegar mais ou menos no 8° nível de assassino. É, eu sei que essa habilidade é adquirida no 1° nível de classe, então porque não usá-la? Não sei, só sei que é assim…

3°: Poupar a surpresa do seu personagem: Quando o mestre avisar para outro personagem que o grupo está sendo seguido, e não houver a menor possibilidade do assassino saber disto (nem usando vidência) ele automaticamente puxará suas armas exclamando: “Eu saco minhas adagas“. Feito isso, o assassino estará sempre alerta, preparado para se defender de algo que ele não faz a menor idéia que esteja ali…

4°: Poupar o dano causado aos inimigos: Sempre que for anunciado o combate, o Assassino do deserto sem sobrevivência no deserto deverá aproveitar enquanto o Bárbaro, o Guerreiro e o Arqueiro do grupo se dirigem na direção do inimigo chamando sua atenção, enquanto isso, ele deverá usar toda a sua furtividade para ir escondido até as costas do inimigo, para que assim possa causar um maior dano usando seu ataque furtivo. Infelizmente essa tática nunca funcionou, pois os 3 turnos necessários para que ele faça isso, não são o suficiente para que o inimigo permaneça vivo (eu disse vivo? Quis dizer inteiro). Quando ele consegue se posicionar, geralmente os inimigos já estão trucidados, decapitados ou viraram coelhinhos…

5°: Não poupar o Venefício: Não importa se estão meditando, nadando, escalando, cavalgando, guerreando ou transando. O Assassino do deserto sem sobrevivência no deserto nunca desiste de tentar fazer veneno, mas não são veneninhos bobos tipo Baygon ou Chumbinho, sempre são coisas absurdas, que o mestre vai se recusar quase sempre a fornecer, tipo Bile de dragão ou Secreção de escorpião colossal.

6°: Não poupar a escolha de habilidades inúteis: Sempre que durante o jogo, surgir a oportunidade de o personagem ganhar uma habilidade, escolha sempre aquela menos adequada. Procure escolher algo que você nunca vai utilizar ou quase nunca, tipo: Uma arma mágica capaz de simular qualquer talento de combate, não que algo desse tipo seja ruim, mas um assassino não é o tipo de cara que procura se elgalfinhar na frente da porradaria. Mas mesmo assim, escolha a habilidade mais inútil pra você. (Para não ser injusto, afinal não é essa a minha intenção, devo pontuar que a escolha das habilidades foi aleatória, o jogador não sabia que seu poder lhe seria tão, tão… inútil).

7°: Não poupar a paciência dos outros jogadores: Escolha um jogador de seu grupo, preferencialmente um cujo codnome seja de um anfíbio. Durante pelo menos 5 níveis de transição de seu personagem, você deverá reclamar com esse jogador a todo o instante, pertube-o, lamentando-se com observações sem sentido do tipo “Mas o meu boneco não causa dano…

Agindo dessa maneira, você poderá com certeza, tornar-se um poderosíssimo Assassino do deserto sem sobrevivência no deserto. Uma coisa que eu nunca entendi, foi essa cisma em fazer um assassino para causar muito dano, afinal a classe tem tantas habilidades maneiras (usar veneno +1, +2, +3, +4…) que não precisa porrar tanto, ele se vira nos trinta usando perícias e magias. Mas de qualquer forma, acho que o jogador achou o lugar perfeito para o seu Assassino: Agora ele é o Scout do Grupo; evoluiu, comparando ao início onde não passava de um guarda-costas de um Homem-Vaca… ou era o Taurino quem guardava as costas dele…

Ocorreu uma manifestação esquisita no blog do Fiu Souza, o Calvo, um rapazinho não entendeu uma das classes quase de prestígio e fez um comentário totalmente desrespeitoso e ofensivo. O Fiu respondeu, mas sinceramente acho que ele foi bonzinho e carinhoso demais com o desconhecido.

Estranhamente, algo parecido ocorreu com um post meu em outro blog, fiz um artigo esculhambando os Cavaleiros do Zodíaco, zoando as tosquises do desenho, zombando dos personagens e coisa e tal, nada de mais, apenas dei uma arrasada de leve com um toque de deboche. Esse post foi pro ar já faz uns seis meses, mas recentemente um fissurado qualquer por animes resolveu me esculachar por causa disto; é claro que não prestou, não sou tão compreensível como o Fiu, não aceito essa do cara não entender o que está escrito e vir esculachando, melhor é que sondasse a verdadeira intenção do post, tipo ver se tem preconceito mesmo ou é só zoeira pura e olha que no meu caso, eu nem estava zoando um grupo social desfavorecido, era uma crítica piadística a um desenho japonês, por isso não tive pena na resposta.

Bem, pra vocês terem uma idéia, aí vai o post e o comentário do cara:

Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Los Caballos del Zôolórrico

Bem, todos se lembram que em 1995 foi exibido pela já extinta TV manchete uma das séries que mais deram audiência até hoje na televisão brasileira, um desenho japonês muito tosco que todos no país acompanharam até o final (até eu, mas naquela época não parecia tão ridículo).

Faz pouco tempo que revi toda a série dos Cavaleiros do Zodíaco e quase vomitei. Com essa experiência traumática, estou apto a aconselhar a todos que não revejam o desenho, e caso não queiram me dar ouvidos, que pelo menos não revejam esperando ter a mesma empolgação do passado, no máximo encarem como um desenho de comédia e deêm boas risadas das tosquises.

C&A caindo pela milésima vez no truque do “Opa, deixei o sabonete cair !”

Vou listar as principais tosqueiras que reparei na série.

1º Observação:

Meteoro de pégasussss

Há, Há, Há C&A seu idiota, não adianta tentar, pois um mesmo golpe nunca funciona duas vezes contra o mesmo cavaleiro.

Meteoro de pégasussss

Hó não, está ficando mais rápido

Meteoro de pégasussss

Hó não, está ficando mais forte

Meteoro de pégasussss

Desgraçado, conseguiu acertar a minha décima primeira costela esquerda

Meteoro de pégasussss

Háárrrgggg

2º Observação:

Depois de C&A estar caído, com 600 ossos quebrados, sem os cinco sentidos, faltando-lhe 25 litros de sangue por causa de uma violenta hemorragia; então chegam os cavaleiros de ouro, prata e bronze que ainda não lutaram (na vida):

Pessoal, de todos nós o C&A é o que tem melhores condições de vencer o inimigo. Vamos passar o nosso cosmo pra ele.

Vaaiii C&AAAA!!!!!

3º Observação:

Os cavaleiros chegam no santuário e encontram Mu de Áries:

Vocês não vão passar, pois, suas armaduras estão quebradas

O quê, mas nossas armaduras estão novas

Mas estão quebradas

Não, elas não estão quebradas

Estou dizendo que estão quebradas

Então mostre onde estão quebradas

Extinção Estelarrrr (nesta cena, o golpe foi realizado com apenas um dedo)

Háárrrgggg

Viu, eu não disse que estavam quebradas

4º Observação:

Começa a saga de Asgard, e C&A de Pégasus luta com o Cavaleiro de Thor.

C&A, vou te destruir com os meus martelos

(e bate com dois machados)

C&A, prove dos meus martelos

(e arremessa dois machados)

C&A… meus martelos

(e… dois machados)

Agora você vai sentir o poderoso golpe do cavaleiro de Thor:

Hércules Titânicooo !!!!!

5º Observação: (essa é uma das poucas partes verdadeiramente maneiras do desenho)

Então depois de muitas batalhas, C&A chega finalmente na casa de leão:

Aiolia, então você é o cavaleiro de leão?

Cápsula do podeerrr !!!

Espere Aiolia

Cápsula do podeerrr !!!

Sou eu, o C&A

Cápsula do podeerrr !!!

Preciso salvar Athena

Cápsula do podeerrr !!!

Aiii minha perna

Cápsula do podeerrr !!!

Háárrrggggg

Cápsula do podeerrr !!!

Cápsula do podeerrr !!!

Cápsula do podeerrr !!!

E esse foi o comentário em questão:

Comentários:
De Badu a 14 de Dezembro de 2007 às 22:37
aFF, nem te apresenta…
se for pra falar merda,
fale com seus amigos , ou pra qm kiser ouvir…
num bota na net, pra gente comun ver esse comentario LIXO, TOSCO e SEM NEXO…

com certeza vc eh um cara RIDICULO…
Provavelmente vc eh 1 Rockerinhu sem rumo, q conhece 3 banda e se acha o kara^^

(Pra todos q curtem CDZ)

Melhor Anime Produzido ateh hoje…
eu, tb revi toda a serie, algumas partes, vc passa p frente,(tipow as choradeiras e coisa e tal…)
+ grande maioria eh bem Legal sim,
aposto q a maioria q viu , na epoka da manchete,
tb num deve achar tao ruim…

Vlw mulekade gente boa…

Flw Sapo NooB =]

by: Badu HarDCorE

E essa foi a minha resposta:

De Sapo a 17 de Dezembro de 2007 às 23:15
Se liga ô Bidu, Bilu, Du, Dudu, Edu ou seja lá o que for.

Em primeiro lugar, quero dizer que não te culpo, pela sua interpretação imbecil do meu comentário, pois eu entendo que você não passa de um roqueirinho semi-analfabeto, que deve ter seus vinte e poucos anos e está repetindo pela terceira vez a sexta-série. Sei disso, pelo fato de você não saber ao menos, criticar na forma culta da língua portuguesa, como “cara”, “época”, “quiser”, “roqueirinho” e uma palavra não identificada também escrita com “K” no final do seu projeto de rascunho de texto.

Outro ponto crucial é que, não sei se percebeu, mas aqui é o meu espaço, lugar reservado para que eu esponha as minhas opiniões e idéias sobre qualquer assunto. Então caro inimigo, você é o lixo da vez, que se dispôs a publicar um comentário escroto como este, criticando de uma forma estúpida, algo que remete a uma opinião pessoal, onde criaturas inferiores como você, não tem vez, tudo isso, só para defender um autor que está cagando para os seus chiliques. Portanto eu posso esculhambar o desenho que eu quiser, pois este é o meu espaço e eu estou aqui pra isso; E você que fez questão de falar merda, perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado.

Para terminar, seu aprendiz de japônes, acho que a sua inteligência diminuta, não te deixou perceber qual é o verdadeiro propósito deste artigo. Está certo que eu já não sou tão fã de cavaleiros como fui um dia, mas fiz este comentário apenas para criar uma oportunidade de fazer algumas piadas sobre as partes cômicas da série, caçoando do que hoje me parece engraçado, entendeu? Acho que não né. Quero dizer, que não detesto a série tanto assim, acho até legalzinha, mas me reservo ao direito de zombar dos personagens que eu quiser, porque simplesmente estou afim de fazer isso.

E se eu falo mal de qualquer desenho, o que isso te importa? Guarde seus comentários de moça traída, para qualquer macho seu que quiser te ouvir…

 

Depois disto, estou esperando pacientemente uma contra-resposta, mas acho que não vai vir não…